Torresmos de Molho de Fígado

A matança de porco, que ocorria na época da transição de ano, foi durante séculos um ritual e momento de festa nas casas dos açorianos. Com as carnes porco assegura-se alimento para os meses seguintes utilizando diversos meios de conservação como a gordura e o sal. Os torresmos e o molho de fígado são um dos pratos da gastronomia açoriana que emergiram da matança do porco onde não faltavam as cantigas dos ranchos, aguardente da terra e os figos passados.

Partilhar esta página

Ingredientes

Método de preparação

  1. Cortar a carne aos bocados;
  2. Pisar os dentes de alho com sal e pimenta, e misturar o vinagre e o vinho branco, temperando as carnes;
  3. Deixar de molho;
  4. Cortar o fígado em fatias e temperar com sal vinho branco e pimenta;
  5. Deitar louro, pimenta em grão e o cravinho na panela, colocando as carnes mais gordas por cima;
  6. Quando estiverem a ferver, juntar as restantes (exceto o fígado) e mexer até os torresmos começarem a alourar;
  7. Juntar o fígado e o tempero e deixar ferver tudo lentamente, até o fígado estar cozido.
Socilink

Subscreva a nossa newsletter

Receba todas as novidades e notícias Nevis, a sua Mercearia Fina